Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Conselho de borla para estas férias

por Marquês, em 18.08.16

Amigos, colegas, desconhecidos e até adversários. O Marquês tem um conselho para vos dar.

 

Se gostam de passar férias em locais paradisíacos e pouco frequentados, se adoram aquele restaurante que mesmo no pico de Agosto serve um peixe fresco maravilhoso e nunca tem quatro horas de filas, se apreciam os prazeres da vida: NÃO CONTEM A TODA A GENTE!!!

 

Sou algarvio, nascido na Costa Vicentina - sim, nesse paraíso onde vocês passam férias -, e adoro os locais onde cresci e onde faço os meus retiros espirituais. Longe da civilização, sem a azáfama das cidades, sem ter de andar aos encontrões nas filas do supermercado, sem stress. E eu sei que vocês também gostam. 

 

Lembram-se quando descobriram esses lugares escondidos onde podiam passar férias à vontade? Sem pessoas barulhentas, numa tremenda paz e pacatez? Então não espalhem a notícia.

 

Há muita coisa que me incomoda mas esta está claramente no top3: "Os 10 locais escondidos que precisa conhecer"! Não precisa! Esses locais escondidos só são fantásticos porque são escondidos. Quando toda a gente os conhecer e lá for, deixam de ser escondidos e perdem o seu encanto!

 

Ainda há uns dias falava com uns amigos que costumam ir de férias para o Algarve e se lembram que há 20 anos ninguém ia para aquela zona, tiravam três semanas nas calmas, num local magnífico e conhecido por poucos. A palavra espalhou-se, começaram a marcar presença em tudo o que é digital e todos quiseram lá ir. Resultado: a azáfama e a confusão das enchentes piorou o serviço, criou mau ambiente, os preços aumentaram (lei da oferta-procura), passou a estar esgotado para as vossas preciosas férias, os locais perderam a piada, está igual às cidades, já não gostam, os algarvios são antipáticos, bla, bla, bla...

 

Portanto, sintam-se à vontade para passar férias nesses locais mas não contem a toda a gente, pode ser? Digam aos vossos amigos mais próximos, a quem vos perguntar, mas não contem ao mundo! 

 

Boas férias!

Um abraço sentido,

o vosso amigo Marquês

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Psicogata a 19.08.2016 às 12:52

Excelente conselho.
Não me perdoo de ter divulgado uma praia fluvial, não é que tenha sido só eu a responsável, mas só eu e o meu marido fomos responsáveis por uma considerável divulgação, tanto que agora encontramos imensos conhecidos, quando há 3 anos não conhecíamos lá ninguém :(

Lugares bonitos e sossegados é mantê-los assim :)
Imagem de perfil

De Marquês a 25.08.2016 às 11:23

Todas as semanas descubro alguém que vai de férias para a minha terra e que fala do mesmo. Ainda há recantos escondidos que faço questão de não divulgar :)
Imagem de perfil

De Psicogata a 25.08.2016 às 11:27

E fazes bem ;)
Imagem de perfil

De A-lupa-de-alguem a 25.08.2016 às 07:45

É um excelente conselho. Por vezes conta-se a um amigo, esse amigo conta a outro amigo e a coisa espalha-se...
Imagem de perfil

De Marquês a 25.08.2016 às 11:22

O que mais me custa são os artigos em revistas e sites de lifestyle. Existem ilhas em Itália que há uns anos eram fantásticas e agora estão lotadas de turistas durante vários meses.
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 25.08.2016 às 10:33

Conselho mais que sábio.... A costa vicentina já não é o que era, quando passava por lá um mês inteiro a acampar nas praias... :(
Imagem de perfil

De Marquês a 25.08.2016 às 11:20

Ainda conheço alguns recantos que escaparam à fúria do turismo. Um dia faço um post sobre isso! (ou então é melhor não ahahah)
Sem imagem de perfil

De cb a 25.08.2016 às 12:32

post muito bom :)

o mesmo se passa no Oeste...de ha uns 3/4 anos para cá aquilo que era um paraiso o ano inteiro transformou-se num inferno em Julho e Agosto . um caos sem solução...mas a chave é essa que refere....nao publicitar.
abc
Sem imagem de perfil

De Dylan a 25.08.2016 às 16:56

Não concordo. Acho que se a divulgação for bem feita pode contribuir inclusive para o desenvolvimento da região em vez de sairmos para fora do país em férias.
Imagem de perfil

De Maria Flor a 28.08.2016 às 20:48

Concordo que a divulgação por vezes estraga a privacidade e o encantamento de alguns locais, por outro lado coloco a questão: Não será um pouco egoísta querermos o que é bom só para nós?

Comentar post



O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D