Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Há fazer inquéritos e fazer asneira

por Marquês, em 06.05.15

Hoje vou servir de professor e educar os jovens que por aqui passam.

 

Uma pessoa, a realizar um MESTRADO, sim, escrevi mestrado em maiúsculas para vos obrigar a reparar nesse grande pormenor, enviou um inquérito para a empresa onde laboro para ajudar na sua tese.

 

Até aqui tudo bem. Nós já passamos pela universidade, muitos já realizaram inquéritos para trabalhos ou teses e é bonito ajudar um/a jovem que está a caminho do desemprego.

 

Mas, e há sempre um mas, por obra e graça de todos os deuses de Valhalla (a terceira temporada de Vikings está estupidamente fantástica!!!) tenham acerto no inquérito que fazem!

 

Isto porque o inquérito que originou este texto tem mais de 150 perguntas (!) de escolha múltipla - para classificar de 1 a 5 entre muito mau e muito bom - e muitas perguntas são redundantes ou repetitivas. Chega a ter quatro questões para o mesmo tema. Será o objectivo saber se nós mantemos a mesma convicção perante a mesma questão mas por outras palavras??? Já para não falar de erros de sintaxe e perguntas mal elaboradas. Erros crassos, meus amigos, enormes erros crassos. 

 

Escusado será dizer que não vou responder. Até posso ter tempo mas não tenho paciência. Esta pessoa está a um pequeno passo de ter mais habilitações literárias que eu, ou seja, na mesma função que eu pode reclamar ordenados superiores, e faz-me um testamento em forma de inquérito de escolha múltipla. E quem foi o génio de professor orientador que encoraja uma coisa destas? Não quero generalizar e dizer que o ensino em Portugal é mau mas...

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Língua Afiada a 06.05.2015 às 14:38

Esqueceste-te de um erro, questionários com perguntas de 1 a 5 não obrigam a pessoa a tomar uma posição, tendencialmente vão responder 3 na maioria das questões.
Isso provoca um enviesamento muito acima da média. Nem sei quem tem mais culpa o aluno ou orientador. O Google não é de certeza que em 2 segundos apresenta centenas ou milhares de páginas que explicam como elaborar um questionário.
Imagem de perfil

De Marquês a 06.05.2015 às 15:30

O inquérito era totalmente quantitativo. Digno do 2º ciclo do ensino básico. No final mete os dados no excel e faz uns gráficos cheios de cores berrantes. Sinceramente não sei qual o objectivo concreto porque desisti à sétima pergunta - era o terceiro tema abordado mas em sete pontos e a minha paciência esfumou-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.05.2015 às 00:02

Se o propósito do questionário for validar uma escala então está bem elaborado. São chatos mas necessários, são uma fase inicial de um bom questionário... E pena que não tenha concluído.

Comentar post



O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D