Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os médicos são mesmo assim?

por Marquês, em 02.11.17

Tenho 28 anos e tenho medo de agulhas. E de aranhas, mas isso agora não interessa. E não, não estou a falar de vacinas - nisso sempre fui bastante corajoso -, estou a falar de agulhas a sério. Género tirar sangue. Não consigo. Tenho pavor. Talvez um dia evolua nesse sentido pois mesmo percebendo a importância de doar sangue para salvar outras vidas, até hoje nunca fui capaz de aceitar a agulha.

 

E não gosto de hospitais. O simples cheiro a hospital deixa-me enjoado. A imagem que tenho de um hospital é uma sala de espera onde um grupo de pessoas com ar cabisbaixo se junta. Umas com sangue a escorrer de uma ferida exposta, outras com elevados graus de febre, outras a tossir compulsivamente, outras simplesmente com um aspecto pálido. Chamem-me picuinhas mas hospitais não é a minha praia. 

 

Depois também há o facto de o pessoal da triagem nunca me levar a sério. Uma vez, das poucas que fui às urgências, entrei na sala de triagem a tossir compulsivamente, pálido como uma parede (daquelas brancas e limpas), com fortes dores na zona dos brônquios e na garganta - para além das dores abdominais de quase duas semanas a tossir os pulmões para fora. Estávamos em Agosto. Veredicto: pulseira verde. Estimativa de uma tarde na sala de espera. Psicologicamente senti que estava óptimo para ir para casa, zero dores, zero tosse. Na verdade, deixei meio pulmão na sala de espera em apenas 15 minutos. Um dia e meio depois, quando fui atendido, a médica ligou-me a uma máquina de aerossóis e receitou-me uns comprimidos quaisquer: tinha uma broncopneumonia. Pulseira verde!!!

 

Na televisão avolumam-se as séries de médicos e hospitais. Tudo bem, nada contra, até se aprende umas coisas (quem não descobriu que existia uma doença chamada lúpus à pala do Dr. House que atire a primeira pedra!).

 

Contudo, há fenómenos que me preocupam. Como devem calcular, é raro ir ao médico (estive quase duas semanas a tossir os pulmões até ir ao médico), de modo que não percebo muito bem o funcionamento do sistema. E, ao ver séries, fico com muitas dúvidas. Estive ontem a ver um episódio de uma série conceituada sobre a vida num hospital e fiquei preocupado. Estiveram 15 minutos de volta de um transplante de um órgão - parecia o Leonardo Dicaprio a abrir o cavalo para ganhar o Oscar. Até aqui tudo bem mas... e há sempre um mas, estiveram 14 minutos a provocar-se e a comentar assuntos do episódio anterior. Atiravam o bisturi para dentro do cavalo, perdão, ser humano a ser operado, sem sequer olhar!

 

Vocês não sei, fiquei com receio de alguma vez precisar de ser operado.

 

Leitores com conhecimentos mais profundos de medicina avançada, o bloco operatório é uma sala de bate-papo?

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De Maria a 02.11.2017 às 13:52

Por acaso nunca passei por isso, e não tenho medoi de agulha, aliás, sou dadora de sangue. Mas percebo perfeitamente as fobias. Tal como tu morro de medo de aracnideos ao ponto de não conduzir sem me certificar que tenho uma lata de baygon no carro...
Imagem de perfil

De Marquês a 03.11.2017 às 11:14

Ahah, não chego ao ponto de ter insecticida no carro mas não faço questão de me cruzar com esses bichinhos.
Imagem de perfil

De Filipe Vaz Correia a 04.11.2017 às 16:57

Meu caro amigo talvez tenha encontrado um irmão.
Se eu contasse o espetaculo para tirar sangue...
Bem seria indescritível tendo em conta o meu tamanho, mas compreendo perfeitamente.
Um abraço

Comentar post



O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D