Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


keep calm que hoje joga a selecção

por Marquês, em 29.03.15

Eu, preguiçoso, hoje me confesso.

 

Sofá, MotoGP, cerveja, e mais logo joga a selecção! Ronaldo, contamos contigo, mais uma vez!

 

Há domingos assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A complexidade da água

por Marquês, em 28.01.15

Tenho cumprido no desafio a que me propus: escrever todas as manhãs sobre desporto. Mas tenho andado menos afoito a escrever sobre outros temas. Hoje consegui!

 

Para escrever sobre água. Não sou desportista, já fui um mero amador. Hoje em dia jogo futsal (mal) uma vez por semana e nem faço running nem gym, que são as cenas da moda. Mas dei por mim a fazer uma pesquisa sobre água. Sobre os seus benefícios, sobre as diferenças entre diferentes tipos de água.

 

E, o que para muitos pode não ser uma novidade, descobri que existem várias classificações de águas. Para mim, entrar no corredor de um hipermercado e ver dez marcas de água era pegar numa garrafa ou garrafão e caso arrumado. Acho que não gosto da água do Continente, apesar de dizerem que a água não tem sabor. Quanto ao resto, nunca pensei que fossem diferentes. Agora já sei que existem águas com pH diferente - sempre pensei que a água tinha pH neutro e afinal de contas varia entre 5 e 9. E, consoante o pH, pode ser considerada ácida ou alcalina. Água ácida... Para mim, que tenho a tensão alta, supostamente a melhor água é a alcalina.

 

Outra questão interessante deriva da mineralização. Sempre meti na cabeça a designação "água mineral natural" e pensava que todas as águas o eram. Novamente, errado. Apesar da água portuguesa ser espectacular e natural, existem diferentes tipos de mineralização. Posto isto, a água deve ser das bebidas mais complexas. Continuo a preferir cerveja e vinho. Já estou habituado e acho menos confuso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

País de azeiteiros!

por Marquês, em 30.05.13
Do Tino de Rans à Ana Malhoa, do Ídolos ao Big Brother, eu já suspeitava que Portugal era um país de azeiteiros. Mas também somos um país de azeite.

in: ionline.pt

Da laranja algarvia ao vinho do Porto, o moscatel de Setúbal ou o belo medronho, Portugal é um país abençoado pela natureza. Só nos falta petróleo! Apesar dos boatos, ainda não se descobriu ouro negro em Sabóia. O que é bom. Se houvesse petróleo em Portugal íamos ter de vender tudo aos americanos ou então eles iam atacar-nos e tínhamos de nos aliar aos árabes, as moças roliças teriam de usar burka na praia e íamos passar a ter de rezar às cinco da tarde com o rabo a apontar para o Meco (que, se estivermos ali numa planície alentejana fica mesmo de costas para quem reza apontado a Meca). E eu não me sinto seguro nesses preparos.

Ora, um senhor escandinavo que reside no sotavento algarvio, ali para as bandas de Moncarapacho, produz um dos melhores azeites do mundo! Ah pois é! Azeite "gourmet" em Moncarapacho! Podem ler uma das muitas notícias nesta hiperligação - http://blogues.publico.pt/olhos-barriga/2013/05/30/azeite-algarvio-premiado-em-nova-iorque/. Isto chamou-me a atenção porque, sendo algarvio do Barlavento, pouco conheço do sotavento e desconhecia que existia azeite "gourmet" em Moncarapacho. Aliás, fui apenas uma vez a Moncarapacho para ver um jogo de bola e beber umas minis. O que, sendo bem verdade, dizem que a cerveja portuguesa é das melhores da Europa na categoria "lager", que é uma espécie de cerveja mais "leve". É fantástico ver os alemães a gabarem as suas cervejas fortes e a beberem a nossa cerveja "fraquinha" que nem verdadeiros machos! O pior é levantarem-se da mesa, claro! É "leve" mas bate! De modos que desconhecia a existência deste senhor sueco e do seu olival de luxo.

E como eu sou um tipo inconformado, não percebo como isto não é bom. O facto de sermos abonados pela natureza. Se calhar sou ingénuo. É estúpido, até, pensar que a exportar o que há de bom em Portugal podemos ajudar a economia nacional. Ou pensar até que investir pode ser bom para o país. Vou mas é beber uma bica à varanda e mandar uns bitaites sobre o próximo treinador do Benfica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Afinal é um gato

por Marquês, em 09.12.12
Eu tinha uma gata que afinal é um gato e isso mudou tudo. Sinto, claramente, que os meus últimos dois meses foram uma mentira. Eu estive a viver uma mentira! Depois de ter colocado um texto intitulado "Gato, o chamariz de garotas" parti para a acção e recebi mesmo na minha moradia um animal da espécie acima referida. Contudo, à primeira vista parecia-me estar perante um espécime feminino e todos cá em casa o começamos a tratar como tal, até esta semana. Esta semana mudou tudo.

Quando tínhamos uma gata éramos uns pais carinhosos que fazíamos todas as vontades à menina. Chegamos a comprar Barbies para ela brincar, e ela brincava toda contente, dávamos-lhe banhos de sais e espuma, víamos fotos de gatos machos pelados, até cheguei a fazer uma maratona de Sexo e a Cidade com "ela". E o pior, "ela" dormia connosco, na nossa cama. Mas agora é "um gato" e passou a ter uma vida de macho!

Em primeiro lugar acabaram-se os banhos, um gato macho lava-se com a própria língua! Forrámos a sala com fotos de gatas desnudadas e algumas vestidas com camisolas de lã bem sexy, passámos a meter picante nos biscoitos e acabaram-se os patés enlatados! Agora deixamos a televisão ligada em canais de desporto quando saímos e vemos pelo menos um filme de acção por dia, de preferência com muito sangue. Quando se trata de vida nocturna, e apesar de ser um felpudo de apenas cinco meses, pode ficar acordado até tarde, se quiser sair com os amigos está à vontade, já bebe cerveja com os donos e estamos a ensinar-lhe piropos e frases de engate, só não toleramos drogas e a primeira vez que o apanharmos a fumar vai levar com o cinto. Agora tem uma manta do Action Man e nunca mais o obrigámos a lavar loiça ou arrumar a casa, isso é coisa de mulher e o nosso gato é um macho. E, mais importante, agora dorme na rua! Não quero um macho a dormir enroscado nas minhas costas...

Se ele está mais feliz agora, não sei, mas está a portar-se como um verdadeiro homem! Ontem tinha duas gatas a miar à porta e deu-lhes para trás para ficar a ver The Avengers com os seus compinchas. Está feito um homem, o meu "ex-gata"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cerveja a patrocinar desporto?

por Marquês, em 22.05.12
A legislação portuguesa tem umas alíneas esquisitas em que coloca restrições e proibições ao patrocínio desportivo por parte de bebidas alcoólicas, indústria tabaqueira e empresas associadas ao jogo. Existe, obviamente, algo na lei que permite ir contornando a situação à vontade dos mais espertos.

Entre trocas e cambalachos, a Unicer renovou o acordo de patrocínio com o FC Porto e com o Sporting CP, através da marca Super Bock. Não é Super Bock Zero, é mesmo Super Bock que figura nas camisolas e nos estádios. Supostamente é proibido mas continua a fazer-se. Entre proibições e aldrabices o campeonato nacional de futebol já se chamou Liga Bwin e agora é Liga Zon Sagres. Pequenos pormenores. E muitas mais marcas à espera sem que os deixem investir.

Não me entendam mal, muito pelo contrário. Sou completamente a favor da liberalização! Por mim a camisola dos clubes podia estar cheia de marcas de bebidas alcoólicas e de tabaco! Devíamos liberalizar o naming, que vai surgindo em desportos como o andebol e o basquetebol e passar a ter o Benfica Sagres ou o Sporting Super Bock! Abram esse mercado. O Real Madrid, quiçá o maior clube do mundo, é patrocinado pela Bwin, o Liverpool foi durante muito tempo patrocinado pela Carlsberg, a equipa onde corre o Miguel Oliveira em Moto3 chama-se Estrella Galicia 00 (cerveja da gama sem álcool, porém, cerveja). São empresas sedentas em investir. Que tal vos parece amigos políticos? 

Até já me estou a imaginar a comprar um garrafão de tinto com desconto de sócio.

Autoria e outros dados (tags, etc)


O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D