Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Tau-tau nos alemães!

por Marquês, em 21.02.13
Convido aqui o primeiro-ministro, o ministro dos negócios lá de fora e o ministro das moedas a passarem pelo Estádio da Luz esta noite. Não contem comigo para vos arranjar bilhetes, e que nem vos passe pela cabeça enviarem a factura lá para casa, faz de conta que já faz parte do valor absurdo que retiram do meu ordenado todos os meses!

Convido-vos porque ouvi dizer que andam com uns problemas como uma alemã qualquer, assim para o gorda e feia. Nada tenho contra alemães, muito pelo contrário. Já aprendi a língua, já convivi com vários, já bebi copos pagos por alemães. Costumo dar-me bem com eles. São um povo à sua maneira, de expressão mais carregada, mas gente séria, não haja dúvidas disso. Podíamos aprender isso com eles, a ser sérios e responsáveis e organizados...

Mas convido-vos porque estou confiante que esta noite os alemães vão meter o rabo entre as pernas e vão afogar as mágoas nas canecas que se vendem no Bairro Alto. Aliás, o Bairro Alto bem que podia patrocinar o Benfica nas competições europeias pois os adeptos adversários costumam ir afogar as mágoas (ou, muito esporadicamente, celebrar) para esse santuário da noite. E nesse santuário até podem ganhar, porque os germânicos sabem o que é beber uma boa cerveja sem tombar, mas na Catedral, vão cair e com estrondo. Basta o sacerdote Jesus não inventar um novo Pai Nosso (leia-se "onze com várias mexidas estranhas"), até porque isso ia colocar muita gente a pedir ajuda divina, e nós ganhamos isto com tranquilidade. Estádio cheio, seis dezenas de milhares de benfiquistas a gritar bem alto "BENFICA"! A senhora gorda e feia não sei mas estes vão tremer quando o hino do Benfica ecoar no Estádio da Luz!

Hoje, por Portugal, pelo Benfica, contra os alemães!



Autoria e outros dados (tags, etc)

Desabafos de um benfiquista

por Marquês, em 05.09.12
Por norma, evito falar de futebol. Não que não veja ou que não goste de opinar, simplesmente sou uma pessoa ideias muito próprias. Se Mourinho é "o Único", eu sou "o Tiago Marquês Francisco". Tenho esse direito (e meia dúzia de documentos que corroboram a minha afirmação!). Agora, que fechou a Feira da Ladra dos Futebolistas, decidi opinar neste espaço. E hoje vou debruçar-me sobre o Benfica.

Mas antes, uma salva de palmas. O re-aparecimento das equipas B veio trazer magia ao futebol português. Alimenta a competitividade da Segunda Liga e serve de rampa de lançamento (e de afirmação) para o futuro da selecção nacional. Só espero não ver o tempo de Norton de Matos desperdiçado com a falta de ambição de certos indivíduos.

Quanto a saídas e entradas: para que raio existe a UEFA? Em certos países só se pode contratar até dia 1 e os milionários russos e franceses têm dias extra? Porque razão? Porque raio começam as competições com o mercado aberto? Como é que Javi e Witsel saem com o mercado praticamente fechado?

Ola John, o senhor 9 milhões, não sabe o que fazer com a bola. Não sei se desaprendeu a arte do futebol durante as férias ou se foi substituído por um cyborg mas não consegue acertar um passe nem tão pouco uma finta. Pré-época finda e nem três euros o rapaz valia. Salvio, bom jogador. No jogo com o Nacional, que de futebol pouco teve, foi uma lufada de ar fresco. Tem raça, velocidade, técnica, cruza bem, aparece ao segundo poste a finalizar. Foi caro, mas vai dar muitas alegrias ao Glorioso. Lima, ainda não se mostrou, mas é um excelente jogador. Desde Julho que digo, o ataque encarnado devia ser: Lima, Rodrigo, Nélson Oliveira e Kardec (é preciso alguém para servir de aguadeiro). Cardozo vendido por 10 milhões era lucro. Pode marcar golos, e marca, pode saber bater penáltis, e sabe, mas é zero em futebol. Raramente cria uma jogada, mal sabe dominar uma bola, protege mal a bola, não corre e desiste dos lances facilmente. Não me cativa, prefiro futebol a matraquilhos. Onde anda o lateral-esquerdo contratado ao Paços? E não falo do Melgarejo, que como avançado marcou mais golos que o Rodrigo mas nã tem cultura defensiva.

Saídas: adeus Emerson e Capdevila, duas novelas criadas por JJ; adeus Saviola, obrigado pelo título em 2010 mas claramente em quebra de forma e sem espaço nas opções do JJ; adeus Djaló, nem vale a pena comentar; adeus àqueles que não chegaram a entrar, adeus Javi e Witsel. O Benfica perdeu, no final do mercado, os dois pulmões, assusta-me, mas compreendo. Javi foi para o campeão inglês, Witsel para o campeão russo, dinheiro, títulos, Champions. O Benfica não consegue oferecer mais que isso. Não falem em amor ao clube, nenhum deles nasceu benfiquista. São dois jogadores que, enquanto vestiram o símbolo da águia, dignificaram o clube, deram sempre o máximo, jogaram bom futebol, nunca viraram a cara à luta e sempre honraram o Benfica. Dois excelentes profissionais que merecem mais. Boa sorte para ambos, obrigado por terem feito parte da história do meu clube. Substitutos? Ninguém é igual ao Javi ou ao Witsel. Temos Matic, que é lento mas tem uma enorme técnica, visão de jogo e poder de antecipação; Carlos Martins, que nunca devia ter saído, um enorme criativo; André Gomes, um puto que joga de cabeça levantada, corre, inventa linhas de passe, corre, remata, corre, corta ataques adversários, e corre; André Almeida, inventado a defesa direito por José Mota e médio da selecção sub-21, está em grande forma na B e fez uma grande época no Leiria; Miguel Rosa, uma promessa adiada pelo clube, criativo, lutador, enorme qualidade de passe, grande raça, atitude, um médio ofensivo goleador e inteligente.

Contudo, lamento mas... são quatro portugueses. Não me lixem, o Benfica apresenta três jogadores portugueses nas convocatórias. Portugal que, na última década, é das selecções mais fortes do Mundo. E nós damo-nos ao luxo de emprestar o melhor 9 português ao Deportivo e ficamos com o Kardec e o Cardozo no plantel, e ainda no ano anterior tinham dispensado três vice-campeões do Mundo. Isto é gozar com o patriotismo. Peço desculpa mas, antes de benfiquista, sou português. Para que raio serve o Seixal se não se aproveita ninguém? A alma benfiquista que falta no plantel existe, mas é escurraçada com um pontapé no cagueiro!

Posto isto, e lembrando a saída de Hulk, o Benfica precisa de muito para sair feliz desta temporada. Muitos extremos, poucos médios, nenhum lateral-esquerdo. Com o Nacional jogaram zero, valha-nos a raça do Maxi, a magia de Salvio e as fragilidades do adversário. O Benfica tem bons jogadores mas não consegue apresentar um onze que possa ir a Barcelona dar luta. Talvez me surpreendam, talvez o trio ofensivo (Cardozo, Lima e Rodrigo valeram 50 golos na Liga passada) resolva, talvez o JJ invente outra adaptação com o sucesso do Coentrão. Temos ataque para golear em metade do campeonato mas a falta de meio campo e as lacunas defensivas fazem-me ter medo da outra metade. Talvez consigam aguentar até Janeiro e aí contratam o tal lateral e com ele outro Javi ou Witsel. Talvez...


Autoria e outros dados (tags, etc)


O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D