Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Bendito telemarketing

por Marquês, em 10.12.15

Ligaram-me do serviço net + tv cá de casa para juntar o telemóvel. Só vantagens. Ficava a pagar mais 20 paus e tinha muitos minutos para falar + 400mb de internet no telemóvel.

 

Educadamente, que um desempregado também pode ter maneiras ao falar com pessoas com trabalho, expliquei à senhora que pago cerca de 10 euros por mês, consigo falar com quem preciso e raramente gasto os 200mb do meu pacote (se calhar isto soa um bocado mal...).

Quem é que não gasta 200mb num mês??? OMG! WTF! Facebook, Instagram, e-mail... Tipo, 200mb é bué pouco!

 

Sim, tenho isso tudo e não gasto. Podem fazer um case study comigo. DECO, se me estás a ouvir, vamos deitar abaixo esses consumistas! É possível sobreviver um mês com 200mb de net no smartphone! 

 

E a senhora lá atirou com uma alternativa: por mais 5 paus, ficava com 1gb de net!

 

O meu cérebro deu um nó...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bolas, não fui a tempo!

por Marquês, em 28.09.15

O mundo é para os espertos. Gente com olho para aproveitar uma boa oportunidade e pôr em prática uma ideia de negócio. Boa ou má, pouco importa, o fulcral é o timing, a oportunidade!

 

Há tempos que tenho visto este fenómeno das selfies como uma oportunidade de negócio. Desde logo a proliferação do termo "selfie" que, qualquer dia, é parte integrante do dicionário e vem nos livros escolares do 3º ano.

 

Também aqueles paus que seguram telemóveis com câmara, os "selfie" sticks, ou "paus de tirar fotos narcisistas", foram uma excelente oportunidade de negócio. Não é uma das ideias mais espectaculares do mundo, não vai resolver o problema dos refugiados nem curar o cancro nos testículos mas, do ponto de vista económico, foi fantástica!

 

Eu, numa tentativa que se revelou infrutífera, tentei criar a "helfie"! E o que é a "helfie", perguntam vocês. A sério? Querem mesmo saber? Epah, agora fui apanhado de surpresa com o vosso interesse repentino. Até fiquei nervoso. Vou explicar: helfie é semelhante à selfie mas, e atentem bem neste fantástico pormenor, é uma fotografia que o nosso animal de estimação tira connosco. H de humano + elfie de duckface.

Digam lá que não é uma boa ideia? Claro que é. 

 

Nisto, veio daí um tipo qualquer que inventou um zingarelho para tirar fotos mais fotogénicas com cães. Ou seja, eu falo em helfie e ninguém liga nenhuma, este gajo cria um zingarelho tipo pau de helfies e a malta dá dinheiro e o caneco!!! 

 

(foto e artigo in dinheirovivo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma Aventura no Jardim/Bosque

por Marquês, em 22.02.13
Numa viagem cultural, e de descontracção, dei por mim num jardim que mais parecia um bosque. É isso mesmo, fui visitar o jardim de um museu/fundação e encontrei um verdadeiro bosque. Árvores, muito espaço, um curso de água, mais árvores, mais espaço, um jardim e muita natureza. Eu já vi jardins e aquilo, meus amigos, era um verdadeiro bosque.

Enquanto vagueava pelo "jardim" comecei a magicar histórias e a desvendar mistérios. Como foi durante a semana, estavam lá grupos de jovens estudantes em visitas de estudo. A vaguear, a tirar fotografias, a correr, estavam a divertir-se na imensidão do bosque. Muitos deles, possivelmente, só conheciam a natureza das histórias de encantar e isso pode explicar a forma maravilhada como viam aquela imensidão de natureza à sua volta. E eu parecia que estava dentro de um livro da Isabel Alçada e da Ana Maria Magalhães! Não só pela vertente cultural mas também pelo enigma "seria um jardim ou um bosque" ou ainda pelo facto de as crianças desaparecerem no meio das árvores para depois voltarem a aparecer atrás de umas moitas, sabe-se lá a fazer o quê. E fiquei com a sensação que, a certo ponto, vi uma patada de um tigre!

Ponto de reflexão: crianças nos seus 13, 14 anos com grandes máquinas fotográficas. Senti-me velho. No meu tempo, carregava comigo uma pequena máquina fotográfica de 3.1 megapixels. Aquelas crianças tinham câmeras com objectivas enormes. Aliás, um simples smartphone tem o triplo dos megapixels das máquinas fotográficas que eu conhecia até entrar para a universidade. É a idade.

De tão pequeno que era o jardim, havia uma enorme equipa de funcionários por lá, jardineiros e afins. E aí vi algo que me intrigou: um desses funcionários passeava em passo acelerado, com uma caixa debaixo do braço, pelo bosque abaixo em direcção a uma zona rescondida onde eu teria medo de entrar sozinho. Tendo em conta que havia crianças a passear por lá, ao cuidado de um professor por cada 20 alunos, comecei a imaginar o pior. Era a cabeça de uma criança que seguia escondida na caixa, tenho quase a certeza! Ainda pensei em alertar os professores: "olhe, se no final da visita de estudo sentir a falta de alguém, vão encontrá-la numa caixa que um dos funcionários carregava e possivelmente foi enterrar junto àquela azinheira". Estive quase para ir ter com os professores. Mas a rapariga que estava comigo, por quem nutro um sentimento, disse que era melhor não o fazer e puxou-me para fora do jardim. Contudo, continuo a pensar nisso. Um crime aconteceu ali e uma criança desapareceu. O bosque era grande, era fácil esconder o corpo. Pobre criança, atacada por um sujeito com jardineiras e um ar de psicopata. Enfim, a tarde passou e acho que nenhuma criança desapareceu e a caixa levava apenas uma sandes de queijo e fiambre. Espero eu...

Isto é o curso de água lá no jardim. Foi por estas escadas que o funcionário carregou o corpo do jovem

Autoria e outros dados (tags, etc)


O responsável

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D