Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vamos falar do amigo secreto?

por Marquês, em 10.12.15

Um dos maiores flagelos natalícios dos dias modernos, não há como fugir, é o "amigo secreto"!

 

Seja no jantar de natal da empresa, de um grupo de amigos, de antigos colegas de escola, de uma associação ou até de família (sim, já ouvi falar em amigos secretos num jantar de família e não tenho dúvidas que se me calhar o meu tio solteirão vai levar com uma boneca insuflável com umas mamas tão grandes que a minha avó até se vai benzer!), é quase regra geral esta história do amigo secreto! Mas a moda é tão grande que já há sites para fazer sorteios! Papéis com o nome do pessoal? Que coisa pré-histórica... 

 

Há bloggers, atentem bem nisto, que fazem posts sobre este flagelo! Até sugerem presentes e tudo. Não acreditam? Continuem a ler que já vos mostro.

 

 

O maior medo de qualquer participante é ser amigo secreto daquela pessoa com quem ninguém se dá. Seja a colega de trabalho que entrou na semana anterior, o primo que esteve emigrado para a Suíça e que vimos pela última vez no nosso baptizado, o anti-social do secundário que vocês pensavam que estava preso por assaltos à mão armada... 

 

Comprar uma bijuteria para a jeitosa dos recursos humanos é fácil. Ou para aqueles com quem vamos beber café quase todos os dias e que estamos sempre a falar no chat do Facebook. Mas o que comprar para alguém que não conhecemos?

 

Já estou a magicar aqui uma ideia para ficar milionário. Vou fazer um site dedicado ao amigo secreto. Faço uma parceria com o chinês aqui da minha rua para ter produtos, peço emprestada a carrinha ao meu pai para questões de logística, vou ao Lago dos Tubarães para financiar o investimento em publicidade e promotoras (Natal não é Natal sem Mães-Natal em biquini e gorro encarnados). Million dollar idea! "O amigo secreto do Marquês"! 

 

- E as sugestões, Marquês? - perguntam vocês.

- Uiiiii, isso agora dava pano para mangas... Voltem cá amanhã. Entretanto, se tiverem algum jantar desses hoje, peguem num frasco velho de tremoços ou feijão-frade, lavem bem lavadinho, coloquem-lhe um rótulo e está feito.

- Mas que rótulo, Marquês?

- Irra que vocês não têm imaginação nenhuma! Se for uma rapariga jeitosa que vocês alimentam a esperança de lhe saltar para cima, "elixir da beleza" (é escusado dizer que o frasco vai vazio. Podem, neste caso, acrescentar o vosso número no interior do frasco. Ou mesmo na frente, se ela for um bocado limitada).

Se for para o vosso chefe "elixir da omnipresença e do conhecimento... e das minis às sextas à tarde" - é importante garantir que o chefe não pense que vocês o estão a chamar burro. Digam que o conhecimento nunca é demais. Se ele se rir das minis não esperem milagres, simplesmente não vos vai despedir.

Se for para a velhota que ninguém sabe o que ela faz, que está sempre a bloquear o computador, que não tem telemóvel porque ainda está a aprender a trabalhar com o telefone fixo - "elixir da juventude". Ela pode não saber o que é elixir mas de certeza que ouviu falar disso no século XIX e se há coisa que os velhotes adoram é nostalgia.

Se não tiverem ideias - "jar of nothing". 

- Obrigado, oh majestoso e belo e sábio Marquês!

- De nada, sempre ao dispor. Vá, agora ide trabalhar!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



O responsável

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D